Chegar até o pico da Neblina, no Amazonas, não é tarefa fácil. Encarar uma expedição a quase 3 mil metros de altitude requer esforço, mas é recompensada pela beleza do ponto mais alto do Brasil.

Distante de quase tudo e com acesso somente de barco, à pé ou pequenos aviões, a grande montanha amazônica continua sublime envolvida por suas nuvens.