Com 2 milhões de habitantes, Amã é a capital e a maior cidade da Jordânia, sendo seu centro de decisões políticas, culturais e comerciais. Sua população orgulha-se de sua cidade ser uma das mais antigas continuamente habitadas do mundo. Já foi nomeada, por publicações especializadas, uma das melhores cidades do Oriente Médio e Norte da África, para acordos de ordem econômica, trabalhista, ambiental e de valorização de fatores sócio-culturais.

Amã Jordânia

É possível ir de norte a sul do país em estradas em boas condições

Amã, na Jordânia

Um trânsito caótico e a poluição são alguns dos desafios da cidade.Amã, na Jordânia

Amã, na Jordânia

Mulheres caminham pelas ruínas romanas da cidade

Amã, na Jordânia

Vista parcial de Amã. A cidade não é exatamente bela, mas há muitos pontos interessantes para serem explorados

 Amã, na Jordânia

Anfiteatro Romano visto da Cidadela de Amã: é um antigo teatro romano construído no reinado de Antonius Pio (138-161 d.C.). A estrutura, grande e bastante inclinada, podia acomodar cerca de 6 mil pessoas

Amã, na Jordânia

A Mesquita Abu Darweesh foi construída em 1962 e chama a atenção pelas cores branca e preta que parecem formar um mosaico

Amã, na Jordânia

A igualdade de gêneros na Jordânia parece, para um turista não islâmico, algo ainda distante

Amã, na Jordânia

Ruínas do Templo Romano de Hércules no monte da Citadela em Amã, na Jordânia

Amã, na Jordânia

O consumo de chá é uma cena comum na cidade

Amã, na Jordânia

Falafel por US$ 1 em Amã. O bolinho de grão de bico é um prato típico em todo o Oriente Médio

Amã, na Jordânia

O turista ficará positivamente surpreso com a simpatia dos jordanianos


Simone Rodrigues é jornalista e apaixonada por viagens. Seus relatos e dicas para roteiros independentes podem ser encontrados no blog: Veja relatos de viagem: viagemjordania.blogspot.com

Ricardo Viana é economista e tem fotografia como hobby. Ambos já visitaram mais de 50 países e continuam viajando. Para mais fotos visite: flickr.com/photos/ricardoviana