Inhotim

Obra “Relevo Espacial A17”, de Hélio Oiticica, faz parte da mostra em BH | foto: Eduardo Eckenfels

Parte do acervo do Instituto Inhotim deixa, pela primeira vez, o parque em Brumadinho (MG) para compor a mostra itinerante “Do Objeto para o Mundo – Coleção Inhotim”. As mais de 50 obras podem ser vistas a partir do dia 12/12/2014 no Palácio das Artes e no Centro de Arte Contemporânea e Fotografia, em Belo Horizonte.

Com entrada gratuita, a exposição reúne obras dos anos 1950 até os dias de hoje e propõe um recorte do acervo que examina a formação do campo da arte contemporânea a partir da coleção e do programa da instituição, inaugurada ao público em 2006. Trabalhos de artistas como Hélio Oiticica, Lygia Clark, Lygia Pape, Chris Burden, Gabriel Sierra e Jac Leirner fazem parte da mostra.

Um dos destaques da exposição é a videoinstalação “Homo sapiens sapiens” (2005) da artista plástica suíça Pipilotti Rist, que será exibida pela primeira vez no Brasil. Filmada no Inhotim antes da abertura do parque à visitação pública, o vídeo explora os jardins do Instituto e cria um ambiente de imersão para que o visitante mergulhe nas imagens projetadas no teto. É a única obra da mostra que estará no Centro de Arte Contemporânea e Fotografia.

Videoinstalação "Homo sapiens sapiens" (2005) de Pipilotti Rist, será exibida pela primeira vez no Brasil | divulgação

Videoinstalação “Homo sapiens sapiens” (2005) de Pipilotti Rist, será exibida pela primeira vez no Brasil | divulgação

“Do Objeto para o Mundo – Coleção Inhotim” fica em cartaz em Belo Horizonte até 8 de março de 2015. Em abril de 2015 a mostra segue para o Itaú Cultural, em São Paulo.

Serviço:
Mostra “Do Objeto para o Mundo – Coleção Inhotim”
Palácio das Artes – av. Afonso Pena, 1.537 – Centro – Belo Horizonte/MG
Centro de Arte Contemporânea e Fotografia – av. Afonso Pena, 737 – Centro – Belo Horizonte/MG
De 12 de dezembro de 2014 a 8 de março de 2015 (Terças a sábados, das 9h30 às 21h. Domingos, das 16h às 21h)
Para mais informações: inhotim.org.br

Veja também:
Encravado entre montanhas, Inhotim é refúgio das artes »

Parque de Inhotim é museu a céu aberto »