igreja da Pampulha

A igreja São Francisco de Assis, conhecida também como igreja da Pampulha, foi inaugurada em 1943

A igreja São Francisco de Assis, mais conhecida como igreja da Pampulha, não é somente um cartão-postal de Belo Horizonte. Pincelada por mãos preciosas de mestres como Oscar Niemeyer, Cândido Portinari, Paulo Wernek e Burle Marx, a construção é também um marco do estado de Minas Gerais.

Igreja da Pampulha

A igreja de São Francisco fica no Conjunto Arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais

IGREJA DA PAMPULHA

Detalhe de painel de Cândido Portinari, na igreja São Francisco de Assis, em Belo Horizonte

IGREJA DA PAMPULHA

A igreja de São Francisco é considerada a grande obra do Conjunto Arquitetônico da Pampulha

IGREJA DA PAMPULHA

Os belos painéis de azulejo complementam a obra de Oscar Niemeyer

Igreja da pampulha

Os painéis e contornos da igreja a colocaram como uma das marcas de Minas Gerais

Igreja da pampulha

A igreja da Pampulha se tornou um dos principais cartões-postais da capital mineira

Fundada em 1943, a igreja faz parte de um grande complexo em torno de uma lagoa: o Conjunto Arquitetônico da Pampulha. Uma parada por lá é obrigatória. Não deixe de visitar o interior e entender como tudo foi perfeitamente pensado e harmonizado com a paisagem da capital.

 igreja da Pampulha

Desenho da igreja da Pampulha feito por Oscar Niemeyer

 igreja da Pampulha

A igreja da Pampulha é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais

Veja também:

Roteiro histórico por Brasília passa pelas obras de Oscar Niemeyer »